© AP Photo / Susan Weems

© AP Photo / Susan Weems

O Cerco de Waco foi um cerco realizado pelo governo dos Estados Unidos, que começou em 28 de Fevereiro de 1993, quando o Bureau of Alcohol, Tobacco, and Firearms tentou cumprir um mandado de busca na sede (denominada "Monte Carmelo" em função do lugar bíblico) do Ramo Davidiano, uma propriedade a 14km a lés-nordeste de Waco, Texas. Um tiroteio resultou nas mortes de quatro agentes e seis seguidores de David Koresh. Seguiu-se um cerco de 51 dias, que terminou a 19 de Abril, quando um Incêndio destruiu o conjunto. Setenta e seis pessoas (24 delas com nacionalidade britânica) faleceram no incêndio, assim como mais de 20 crianças, duas grávidas e o próprio Koresh.

Este era um grupo dissidente da Igreja Adventista do Sétimo Dia, liderado por David Koresh, acusado de uso de drogas, porte ilegal de armas e abuso sexual de crianças. Ao longo das investigações e durante o cerco, todas as acusações contra os davidianos foram desmentidas.

De acordo com a Production Weekly, Rupert Wainwright realizará o filme e do elenco fazem parte Kurt Russell, Adrien Brody e Sharon Stone, ainda não havendo confirmação de tal. O título será “Waco”. Informação adicional directamente da página oficial de Wainwright diz que este escreveu o argumento em conjunto com o jornalista de investigação James Hibberd, que trabalha actualmente no The Hollywood Reporter.