© 20th Century Fox

© 20th Century Fox

James Cameron está a preparar o regresso de Jack Dawson (Leonardo Dicaprio) e Rose DeWitt Bukater (Kate Winslet) de “Titanic” ao cinema. Juntamente com o seu colega Jon Landau, o realizador já premiado com o Óscar prevê uma metragem de 18 minutos do fenomenal filme de 1997, que foi convertida para em 3D, nos estúdios da Paramount em Los Angeles.

Houve 8 cenas gravadas na manhã da passada sexta-feira, 28 de outubro, entre as quais o momento de encontro entre Jack e Rose na grande escadaria; a dança na festa de terceira classe; e o beijo na proa do navio. Vê-se igualmente o plano do afundanço vertical do luxuoso navio, depois do embate contra o iceberg a noroeste do Oceano Atlântico, na sua viagem inaugural.“Há alguns filmes que estão a ser trazidos de volta ao cinema. Há uma geração inteira que ainda não viu o “Titanic” nos cinemas” justifica James Cameron a decisão de relançar o filme de sucesso. “Acho que está espetacular. Se eu tivesse câmaras 3D e se houvesse cinemas em 3D na altura, certamente teria gravado o “Titanic” em 3D”. Cameron admitiu, no entanto, que o relançamento do filme não é inteiramente em três dimensões pois o original assim não foi gravado e, como tal, “é mais em 2.99D”.O realizador de “Avatar” acrescentou também que os protagonistas da fita, Leonardo DiCaprio e Kate Winslet ainda não viram a metragem em três dimensões, mas quanto à atriz, o relançamento do projeto apoiado. Já com Dicaprio, admite Cameron, tem sido difícil discutir o tema devido às gravações de “The Great Gatsby” na Australia, que têm mantido o ator muito ocupado.A produção da versão trimensional de “Titanic” custou 18 milhões de dólares, requereu 300 artistas e 60 semanas para ser completada e, segundo o realizador, não incluirá material novo. A Paramount Pictures e a 20th Century Fox vão relançar o filme a 6 de abril de 2012, mesmo a tempo do 100.º aniversário da viagem inaugural do RMS Titanic's, a 10 de abril de 1912.

Siga-nos no Facebook