© Warner Bros.

© Warner Bros.

No passado dia 9 de junho, durante a conferência do Producers Guid of America, nos Estúdios da Sony Pictures em Culver City, o cineasta explicou porque motivo não vai dirigir mais filmes de Batman depois de “O Cavaleiro das Trevas Renasce”.

Quando foi questionado se iria realizar mais um filme de Batman, o realizador disse “Não. Eu não quero agarrar nada do passado”. Christopher Nolan insistiu que esta saga seria sempre uma trilogia e que resultaria nos filmes “Batman: O Inicio”, “O Cavaleiro das Trevas” e “O Cavaleiro das Trevas Renasce”.

O realizador britânico explicou qual foi a sua inspiração para a trilogia, e revelou que se inspirou no filme “Super-Homem” de Richard Donner, em vez na banda desenha da DC Comics. E ainda, que se orientou pelos fãs do super-herói, argumentando que “Estamos realmente a trabalhar para algo que pertence ao público”.

O filme foi escrito por Christopher Nolan e o seu irmão Jonathan, que escreveram cada história o mais sóbrio possível, sem deixar nenhum detalhe para trás, tentando construir o personagem o mais realista possível.

O Cavaleiro das Trevas Renasce”, terceiro filme da saga de Batman, chega aos cinemas portugueses no dia 2 de agosto e será distribuído pela Columbia TriStar Warner.

Segue-nos no Facebook / Twitter